Indiana Jones e a Entrega

Indiana Jones virou carteiro? nop!

Ontem enquanto eu escutava uma música do Delirious? (nunca fui fã pra falar a verdade), me veio a cabeça essa cena da ponte “invisível” do filme Indiana Jones e a Última Cruzada. Essa ai da foto, que ele tem um abismo na frente e na verdade a ponte está lá. Isso na verdade é um velho truque que hoje até tá na moda com os pintores de calçada. Um truqe de perspectiva, que causa uma ilusão de ótica, que só funciona quando observado de um certo ponto.

Enfim, Mas isso ai num é uma metafora pra fé? sim, também.

Na música do Delirious? – Majesty (lindissima a harmonia e a letra, apesar de não ser meu estilo padrão ACME) – uma frasezinha michuruca que me faz tremer todas as estruturas internas, porque explica tanta coisa em quase nada. Faz uma confusão de coisas se acalmarem, faz uma embolada de conceitos e pre-conceitos fazer absolutamente um sentido claro. Me traz lágrimas (e olha que eu sou um “hard-crying-guy”) por ser tão simples e tão abstrato ao mesmo tempo, que no final o que resta é nada, só eu e o G.O.D.

O fato de que eu não precisei mudar, não precisei me lavar, não precisei consertar nada, não precisei inventar desculpas nem de fingir sentimentos para dar o primeiro passo para o abraço, faz toda diferença.

Num falei a frase né? hehe – “…your grace has found me just as I am…” – translating – “…Sua graça me encontrou como eu sou…” – foi o que Jesus falou: “Vem do jeito que tiver meu filho!”

Então, essa é a entrega na verdade. Ter deixado de lado tudo que eu julgava importante, ter me entregado e confiado nEle, pra ele fazer o que quizer (e olha que Ele fez muito mais melhor do que eu esperava, me deu muito mais do que eu precisava). Pena isso estar tão deturpado, no sentido de que tanta gente apresenta um evangelho da mudança feita pelo homem. Não faz sentido.

Ninguém! Ninguém! Deveria mudar NADA para se encontrar com Jesus. Isso é mascarar o que a gente é. E a quem a gente pensa que engana? O olho que tudo vê? (não, não o Sauron). Se alguém te disser que você precisa mudar uma vírgula do que você é, dê um bom dia, agradeça a pregação, e vá tomar uma coca-cola, junto com Jesus de preferência.

O amor que eu conheci de Jesus é esse, que me amou como eu sou, que me achou como eu estava. A entrega é a  predisposição a deixar Ele te moldar e fazer as coisas chegarem no lugar. É depois dela que as coisas vão se ajeitando. E é entre vocês!  não entre você e o camarada que acha que seu cabelo azul não é “crente” o bastante, ou que o seu piercing está espetando o orgulho dele. Bullshit! Povo besta! (não a do Apocalipse, mas vai saber né?).

Bacana é ver o povo se entregar sem medo, pular no vazio e se surpreender com o tamanho e a fofura do colchão invisível que segura a gente no salto.

É por isso que imagens como essa me tocam de forma especial!

Gente de toda cor, toda tribo, todos os tamanhos, metaleiros, góticos, skatistas, capoeiristas, pagodeiros, gente normal, nerds e patys, todos “unidos” pela mesma entrega. Todos continuam com suas vidas, seus visuais, suas aberrações, e todos transformados pelo mesmo ato, individualmente, cada um a seu tempo, cada um na sua conversa com o Mestre, cada um na sua e todos juntos indo na mesma direção e entendendo o que realmente significa amar o próximo.

Só Jesus mesmo pra juntar um pagodeiro e um gótico! que frio na barriga!

No final das contas a nova perspectiva das coisas pós-entrega, te oferece uma ponte, um acesso direto, sem burocracia, sem encheções. Igualzim o do Indiana Jones.


2 pensamentos sobre “Indiana Jones e a Entrega

  1. definitivamente a melhor coisa que li esse mês
    sou grata por isso
    sem mais..
    Shalom, graça e muita, muita alegria
    God bless you

  2. macsilva disse:

    Puts, brother… agora é a minha vez de assinar em baixo e com firma reconhecida no cartorio da rua Guajajaras. Falou tudo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: