#livro 2

    

Duas referências, uma lida e aprovada, o famoso CRISTIANISMO CRIATIVO?  do Steve Turner e uma que está em processo e trata mais específicamente da arte na história é o VICIADOS EM MEDIOCRIDADE, que trata de como os cristãos trocaram uma produção “high end”,  renomada,  como as artes medievais, por uma cultura mediocre de estampas de camisa, canecas, adesivos e essas coisas.  Como transformaram o amor de Deus em um slogan barato de marketing…  Ambos da W4 editora.

Minha porposta é levantar a bola e discutir  como na nossa cultura atual a gente poderia explorar esse lado criativo que se foi,  sem deixar de lado o conteúdo,  o embasamento e o zelo que colocou a arte cristã a frente do seu tempo, naquele tempo que se foi onde provavelemnte o rótulo cristão não era tao importante quanto a alta qualidade das obras.

Deveriamos nos preocupar em separar a boa arte do lixo,  não a arte do mundo e da igreja.  Mudamos a referência conceitual da qualidade pra uma referência praticamente geográfica. O dentro e fora.  E desse conceito não se tira valor algum,  somente separa e limita o acesso que as pessoas poderiam ter a uma boa nova obra.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: